Por que alguns bichos somem?

Sabemos hoje em dia que nossa fauna está cada vez menos diversificada devido à inclusão das atividades do homem na natureza. O Brasil tem a maior biodiversidade do mundo. São mais de 100 mil espécies de invertebrados e cerca de 8600 espécies de vertebrados. Dessas, 627 estão ameaçadas de extinção por diversas causas.

Eu fui ao Mc Donalds há um tempo e peguei aqueles folhas que ficam abaixo do lanche pra proteger a bandeja (sabem?) e estava falando exatamente sobre isso!

 

Vou listar algumas ações do homem que afetam a convivência dos animais na natureza e a extinção dos mesmos:

* Atropelamentos: Muitos animais são atropelados porque rodovias e estradas foram construídas dentro de suas áreas de alimentação e reprodução. É sempre bom prestar atenção aos animais que cruzam as estradas!

* Turismo mal conduzido: Algumas pessoas mal informadas, em contato com a natureza, passam por lugares protegidos, pisando em locais de reprodução, jogando lixo e incomodando os animais. Esse tipo de atitude causa alterações de comportamento e riscos desnecessários aos animais da região.

* Tráfico de animais silvestres: É considerado a terceira maior atividade ilegal do mundo, atrás apenas do tráfico de drogas e de armas. No Brasil, cerca de 38 milhões de animais são retirados da natureza e, desses, 04 milhões são vendidos ilegalmente.

* Incêndios: Muitas espécies, seus filhotes e ninhos ficam cercados pelo fogo provocado por humanos e morrem em incêndios e queimadas.

* Caça e pesca excessiva: A matança excessiva de animais pela caça e pesca descontrolada impedem a regeneração das espécies. Existem animais que levam até 30 anos para gerar um filhote.

* Poluição luminosa: Luzes artificiais confundem os animais que dependem do luar e de outras luzes naturais para se orientar fazendo com que se percam ou mudem seu comportamento.

* Poluição sonora: Sons altos e estranhos perturbam o meio ambiente. O barulho de motores e barcos, por exemplo, desorienta alguns animais aquáticos, fazendo com que eles encalhem e morram.

* Perturbação humana:  Alguns animais interrompem seus rituais de alimentação, acasalamento ou até mesmo abandonam seus filhotes e ovos quando a presença humana interfere na rotina deles.

* Endemismo: Endemismo é quando uma espécie vive em apenas uma determinada região geográfica. Isso facilita o risco de extinção porque o animal precisa de variedade genética para a espécie se manter. Muitas vezes, esse endemismo é provocado artificialmente devido à fragmentação dos habitats pelo homem.

* Degradação do habitat: Animais sofrem quando o local onde vivem é gravemente alterado por diversos motivos, como desmatamento, construções urbanas ou alagamento para implantação de hidrelétricas.

* Fragmentos florestais: São áreas de vegetação natural interrompidas pela ação humana, que provocam desequilíbrios ou eliminação de locais de alimentação e reprodução de animais silvestres.

* Ausência de presas no habitat: Espécies predadoras só atacam animais domésticos quando não encontram mais suas presas naturais em seu habitat. O animal silvestre nunca ataca um animal doméstico se ele tiver o que comer em seu próprio ambiente.

* Poluição química: Acontece quando substâncias químicas, como veneno, fertilizantes, óleos ou resíduos industriais, entre centenas de outros tipos, são jogadas nos mares, lagos, rios e solos, prejudicando e até eliminando a fauna e a flora locais.

* Animal doméstico x Animal silvestre: A introdução sem controle de animais domésticos no ambiente de um animal silvestre pode causar disputa por alimentos e novas doenças, para as quais esses não possuem defesa.

 

Abaixo algumas fotos com número que mostram os animais que estão ameaçados de extinção. Os dados são de aproximadamente início de 2013.

porque-alguns-bichos-somem-0101 – Sauim-de-coleira

02 – Tatu-bola

03 – Lagartinho-de-cipó

04 – Ariranha

05 – Peixe-boi

06 – Lobo-guará

07 – Arara-azul

08 – Mico-leão-dourado

09 – Onça-pintada

porque-alguns-bichos-somem-0210 – Peixe-anual

11 – Toninha

12 – Borboleta-da-praia

13 – Perereca-verde

14 – Tamanduá-bandeira

15 – Tartaruga-oliva

16 – Baleia-jubarte

17 – Cervo-do-pantanal

Durante os dias, eu irei postando sobre esses animais que vivem ameaçados de extinção, explicando sobre a convivência de cada um na natureza e a interferência do homem no crescimento deles.

Fonte: Os dados são do ICMBio no folheto do Mc Donalds